Rede Casal Fibra de Buriti Mehinako

R$1.600,00

4x de R$400,00 sem juros

Rede de casal trançada manualmente em fibra de buriti com bordado em algodão cru, feita pela etnia Mehinako

Origem: Alto Xingu - MT

Tamanho: 4,20m x 1,60m

História: A rede é feita pelas mulheres da aldeia Mehinako, no Parque Indígena do Xingu, usando tear manual para trançar os resistentes fios de buriti, até criar essa grande trama. É um trabalho minucioso que leva meses para ser finalizado, mas dá origem a uma peça de incrível beleza e durabilidade. As redes são um elemento central para a cultura indígena, é onde dormem, descansam, e serve de proteção para evitar o contato dos bichos que circulam no chão. Seu conforto e praticidade fizeram com que fosse adotada pela cultura ocidental, proporcionando inclusive maior qualidade de sono. Em seu artigo “Rede de dormir: uma história sobre o artefato intrinsecamente brasileiro”, Marcelo Oséas conta que sua origem é exclusivamente sul-americana: “não é possível saber a data de seu surgimento, mas temos o primeiro registro escrito de sua existência apenas 5 dias após a invasão, ou chegada, dos portugueses às nossas costas. Em 27 de Abril de 1500, Pero Vaz de Caminha descreve o uso do artefato e, na falta de um nome específico, nomeava a cama suspensa de dormir”